Radiobservatório do Itapetinga
O ROI deu início a suas atividades no começo dos anos 70 com a instalação de um radiotelescópio de 1.2 m de diâmetro operando em 7GHz e totalmente dedicado a observações da atividade solar. Também fazia parte dos instrumentos de pesquisa do observatório um sistema para recepção de sinais de Very Low Frequency (VLF) e um riometro. O radiotelescópio de 14 m foi instalado e inaugurado em 1974. Esse instrumento foi adquirido com recursos da FINEP e foi operado por um grupo de pesquisadores com sede no Mackenzie. Foi transferido para o ON-CNPq em 1979 e finalmente para o INPE em 1982 através de um empréstimo (Comodato ) pelo prazo de 64 anos.

O radiotelescópio de 14 metros foi projetado para operar em radiofreqüências até 100 GHz. Possui uma estrutura metálica leve e está protegido contra a ação dos ventos e da incidência da radiação solar por uma redoma transparente em rádio. Sua montagem usa como plano fundamental o horizonte do observador e tem grande precisão de rastreio.